Cheia Karu

Sou Karu Peruzzo, mineira, vivendo em terra candanga a dois anos, escalando a mais de sete e vivendo a maternidade a um ano e sete meses, com a chegada da minha filha Luna!

Costumo falar que a escalada se tornou pra mim um estilo de vida, que me mostrou uma nova forma de viver e me relacionar com as pessoas e os lugares que ela me levava… Se hoje tenho uma família pra chamar de minha, agradeço a escalada!

Conheci meu companheiro escalando em Cocal, precisamente na Casa da Cobra, e por ironia do destino ele também era da mesma cidade que eu (Uberlândia) mas nunca tínhamos nos visto… Foi “cadena” a primeira vista e desse relacionamento nasceu Luna, nossa pedra preciosa!

Eu não tinha a menor ideia da revolução que a maternidade iria causar na minha vida… Pra mim o crux mais difícil que já entrei até hoje. Quem é mãe e escaladora sabe do que estou falando. E quem não é, um dia vai entender, caso queira viver essa experiência!

A maternidade é um momento de renascimento e transformação da essência da mulher. Através dela aprendi sobre resistência e força; sobre resiliência e entrega; sobre medo e coragem; sobre dedicação e frustração; sobre confiar e agradecer. Assim como quando encaramos um projeto duro na escalada!

O que posso dizer é que ser mãe é viver as lunações a flor da pele, hora cheia, hora minguante, hora crescente, hora nova. Algo que trouxe mais fluidez para a minha escalada que esta intimamente ligada a mulher que me tornei. Hoje não me preocupo com cadenas e sim com a experiência  e o aprendizado que encarar aquele desafio vai me trazer. Passei a valorizar as oportunidades de ir pra pedra, que ficam mais difíceis com a chegada de um bebê, a escalar com mais entrega e mais prudência, pois agora tenho um outro ser pra cuidar, e a entrar em um projeto como se estivesse fazendo força pra parir! Dando tudo de mim!

Poderia ter usado a maternidade como uma desculpa para abandonar ou me afastar da escalada mas ela é mais que um esporte. É meu combustível, o que alimenta a minha jornada, uma filosofia de vida que escolhi viver com minha família. Luna é minha companheira de vida, parceirinha de treino e viagens. Vai pro ginásio comigo desde os seis meses. Na pedra, entre uma mamada e outra, escalo e brincamos juntas. Tenho plena consciência de que o melhor que posso proporcionar pra ela é o contato com a natureza e as experiências de viajar e conhecer novos lugares escalando. Não espero que ela se torne uma escaladora, mas espero que ela se torne uma mulher que se aventure na vida!

Hoje a escalada é meu autocuidado, meu momento de extravasar, de lembrar a mulher que sou, relaxar, me divertir, tornar leve a rotina materna e me conectar ao que nutre nossas vidas: a natureza, morada dos picos incríveis que a escalada nos leva!

O que posso dizer é que já não imagino como seria minha vida sem a chegada da maternidade e sem a escalada. Uma coisa nutre a outra e assim sigo buscando o meu poder pessoal, resgatando a potencia feminina que vibra em cada lunação!

E por falar em lunação…  Sejamos AÇÃO!

Este é o momento para resgatar a potencia feminina que habita a energia dessa terra. Nos empoderar da força lunar para viver com intenção o aqui e agora. Passar por grandes mudanças e se manter firme em nossos propósitos!

Admiro a proposta do blog em abordar a vida real, as historias de luta e de glória de escaladoras, nos fazendo refletir sobre os cruxs da vida e as cadenas internas!

Somos mulheres lunares, somos mães, somos escaladoras, somos o que quisermos ser! Que venha a lua cheia para nos lembrar de como somos POTENTES!

2 comentários em “Cheia Karu

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: