Nova Erika

Me chamo Erika, sou cientista ambiental, artista de circo e atleta de slackline e highline. Minha trajetória sempre foi um ponto meio fora da curva, desde pequena sempre tive uma certa quedinha por altura e pelos extremos, sempre fui curiosa e gostei de explorar. Então todas as “atividades radicais” que uma criança poderia sair correndo sem olhar pra trás, cheia de medo, eu era a que corria pra conhecer e ver como tudo funcionava e se eu conseguiria!

Acho que a minha curiosidade sempre me impulsionou!! Eu era aquela pequena criança que brigava com o tio dos parques de diversão porque não tinha altura pra ir no Kabum! Cresci escalaminhando uma rocha ingrime ali na Urca, sempre pratiquei esportes, fiz trilhas, pedalei, andei de skate, mesmo que não parasse taaaanto tempo em cada novidade.

O novo! Eu tinha e tenho apreço pelo novo! Pela minha superação comigo mesma.

Pratiquei de tudo, a natação (mamis sempre nos obrigou, obrigada!), Saltos ornamentais, ginástica olímpica, street dance, jazz, teatro………… Até que me encontrei no handball, seguidamente da acrobacia aérea (tecido!).

Tecido era o meu sonho de vida, até eu descobrir um cisto no meu punho direito, que me obrigou a parar com tudo e que também me fez me aproximar do slackline. Comprei meu primeiro kit iniciante em agosto de 2015, com 30 m e sistema primitivo! Fiquei cada vez mais apaixonada pelo slack, sem conseguir nem ficar de pé na fita, mas não tinha nem ideia do que me aguardava.

Em 2017, comecei a praticar no aterro, onde seu Ery me encontrou e ficou surpreso com meu kit diferenciado. Eis que me convidou para conhecer o highline!

Eu demorei meeeeeeeses até dar as caras a primeira vez. Demorei mais dois meses pra dar a cara na segunda. E veio um festival bem a calhar, na data do meu aniversário, um mês depois. Pronto! Ganhei a passagem da mãe, ganhei o boudrie de mim mesma (temos que nos mimar 😉) e fui na cara e na coragem sem conhecer ninguém.

E choviiiiiia!!! Meu primeiro drop (quando ficamos de pé na fita) foi numa chuva, e com uma ventaca de congelar (ja disse que sou carioca?). Dia seguinte dropei e consegui dar uns dois ou três passos. No terceiro dia eu me encontrei de uma forma que cadenei (atravessar até o outro lado sem cair) a menor e mais alta fita daquele setor. Pronto, o mosquitinho do highline me mordeu.

Daí pra frente foi só ladeira acima, superação atrás de superação, onde eu sempre enchia o saco do RJ para armarmos fitas. Desde então meus pais nem me encontram mais direito. Hahahaa

Minha segunda cadena foi no Cantagalo, com uns 50m long. Eis que um ano depois eu quebrei meu recorde lindamente, atravessando 222m no dia 22 de março, meu aniversário, no festival de Copina, Argentina. E repeti esse feito as outras duas vezes que entrei naquela linha. Um ano de highline bem comemorado, dois dias depois.

E hoje, semana passada, me vi atravessando do Cabeça de Peixe para o Dedo de Deus, com 328m long e 550m de altura direta.

Eu acho que por não me cobrar, por tentar ser a melhor Erika possível a cada dia, tentar não me frustrar quando não tinha o desempenho que gostaria, me tornei melhor do que imaginei. Em todos os sentidos. Aprendi a olhar sempre o lado bom das coisas, estar presente no agora, acreditar em mim, me desafiar. Se eu não acredito em mim, quem vai? E principalmente, desfrutar! Desfrutar a vida! Respirar! Aspirar! Viver. Estar a cada dia um passinho a frente de ser o que busca. Ressignificar seus medos!
E não se importe de cair 1000 vezes, levante 1001 de cabeça erguida, bem clichê mesmo. E bola pra frente, sorrindo pra vida.

Nós, somos cíclicas! E devemos notar nosso corpo e nossas necessidades para podermos aproveitar os pontos fortes de cada fase e sabermos lidar melhor com os fracos. Identifica-los, pode te fortalecer. Só busque ser você, transbordar a sua essência, se amar.

* Fotos do perfil da Erika no Insta @sedlacekerika

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: