Cheia Mara

Me chamo Mara, tenho 43 anos e escalo há 25 anos. Sou fanática por esse esporte e muito pilhada. Quem me conhece sabe que a escalada significa muito pra mim. É algo tão natural que parece uma necessidade fisiológica. Quando escalo me transformo e essa transformação é quase uma evolução espiritual. A felicidade flui facilmente... Continuar Lendo →

Crescente Branca!

CreScER, creScENTE, cheia de vitalidade e energia. Durante o período da lua crescente temos a possibilidade de, no ápice de nossa energia vital, projetar nossas intenções mais sinceras para o plano da ação. É neste momento em que nos sentimos mais preparadas e seguras de nós mesmas. Como Donzelas iremos caminhar com doçura, manifestando o... Continuar Lendo →

Confia!

Por seis anos ou mais eu tomei anticoncepcional de forma contínua. Não queria menstruar. Ao contrário das mães que conheci, depois da gravidez descobri a cólica e logo fugi da dor que eu considerava insuportável. Achava o máximo não ter ciclo. Era muito melhor do que os "leves" sintomas da bomba de hormônios que eu... Continuar Lendo →

Cheia Jordana

Parafraseando Belchior: presentemente eu posso me considerar uma mulher de sorte. Digo, em partes sorte. A outra parte foi muita vontade mesmo. Lá atrás eu vislumbrei o que estou fazendo hoje. Pensava inocente e silenciosamente comigo: E SE eu VIVESSE a escalada? Será que é possível? Será que é loucura?” Vejam bem, no contexto em... Continuar Lendo →

Ouvir, sentir, construir

O que você escuta? O que você escreve? Somos um espaço de escrita, estimulando a materialização do verbo e a multiplicação dos entendimentos. A música é ferramenta disso. A poesia também. Os posts do Instagram. Os textos do nosso blog. Falando de música, é polêmica na pedra. Barulho? Inspiração? Vibe? Identidade? Não vamos discutir aqui... Continuar Lendo →

Iluminada e Cheia Renatha

Contar nossa história, por escrito, ligando a fase da lua com escalada e ser mulher exigiu 3 versões desse texto. Mamãe sempre dizia que a mulher muda. Mudamos mesmo. A mulher que você é hoje não é a mesma de 3 anos atrás; e a de hoje não será a mesma daqui uns meses. Mudamos... Continuar Lendo →

Isa

Minha história com a escalada está longe de ser uma história de amor. Nunca fui muito ligada à esportes em geral e meu rendimento sempre foi péssimo. Acabei entrando na escalada por acaso e me mantendo por persistência. Foram incontáveis as vezes que, dentro deste período, eu desisti e larguei a escalada, mas algo dentro... Continuar Lendo →

Nova Débora

Meu nome é Débora. Sou de Belo Horizonte e escalo há quase nove anos. Desde que comecei a escalar nunca mais parei. Comecei escalando na Rokaz Escalada, acadêmia em Belo Horizonte, e me apaixonei pelo esporte. Ia para a pedra quase todo final de semana até conseguir morar na Serra do Cipó (um dos melhores... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑